quarta-feira, 7 de julho de 2010

Pensando nas estrelas


Deixei minh'alma viajar,
Voando além das montanhas,
Seguindo as correntes de vento,
Indo para longe, distante, infinito.

Seguindo o labirinto das correntes,
Fazendo meus pensamentos em sequência,
Mantendo a positividade a meu favor,
Para não haverem confusões comigo.

Estou nessa vida de passagem,
Vim armazenar carinhos e amores,
Sentimentos loucos e sem controle,
Fazer do coração a voz mais alta.

É essa mágica que precisa acontecer,
Com a mente pessimista de lado,
Iluminar a escuridão em meu caminho,
Encontrar sentido em todas as respostas.

Quero sentir e te aproveitar ao máximo.
Eu não disse nada, mas te amo.

6 comentários:

Moninha disse...

Oi!
Seus poemas são lindos demais! Nos emociona e faz refletir...

Parabéns pela inspiração...

Murillo disse...

Poxa! Muito obrigado!
Na verdade são reflexos da vida, não sei muito bem como chamá-los, poemas, poesias...
Mas seja muito bem vinda!
Refletir, pensar, sentir, compartilhar!
Fique à vontade! :)

Flávia Oliveira disse...

Nossa muito lindo,mesmo!!!
Emociona, toca no coração, ameiii!!!
Beijoo!!!

Murillo disse...

Muito obrigado! E vamos juntos vivenciando mais as completas fases do amor!

Douglas V. Der Riese disse...

Gostei da forma de expressar,
e também dos pensamentos.Fez
pensar no meu blog .Tenho que por em ordem.

Douglas V. Der Riese disse...
Este comentário foi removido pelo autor.